Mobiliário urbano inteligente que funciona com energia solar

 

Energia solar de terceira geração e internet das coisas possibilitam criação de mobiliário para espaços de interação social, com música e iluminação, ideal para instalação em áreas ao ar livre ou com restrição de eletricidade

A Sunew, empresa brasileira fabricante de Filmes Fotovoltaicos Orgânicos (OPV), e a Hephaenergy, especializada em internet das coisas, uniram tecnologias e criaram a SYNTZ, um mobiliário urbano inteligente que funciona com energia solar e possibilita um espaço de convivência tecnológico, com música e iluminação controladas por um aplicativo de celular.

O produto inova pela conectividade, design e sustentabilidade e é indicado para instalação em áreas livres, como espaços de convivência de hotéis, resorts, clubes, restaurantes, casas noturnas, lounges, rooftops, parques urbanos, centros de convenções etc.

“A SYNTZ transforma a energia solar em um ambiente interativo, envolvente e vibrante, por isso lhe demos um nome que relembra a fotossíntese. Desenvolvemos o produto em parceria estratégica com a Sunew, que nos fornece os filmes fotovoltaicos orgânicos e com quem trocamos constantemente informações sobre a aplicabilidade, possibilidades e alternativas de inovação”, explica Felipe Batista, COO da Hephaenergy.

Além de gerar energia solar, o OPV absorve raios UVA e UVB, portanto a sombra que o mobiliário produz gera melhor conforto térmico.

A SYNTZ oferece ótima acústica: praticamente elimina sons externos e permite pouco vazamento de som para fora do ambiente. A iluminação e o sistema de som são facilmente controlados por meio de celulares.

Autossuficiente, o mobiliário também oferece tomadas para recarregar os gadgets. As características operacionais da Syntz, como geração e consumo de energia e conexões USB, podem ser monitoradas por uma central de suporte e manutenção.

“A SYNTZ representa a nova geração de mobiliários urbanos que unem sustentabilidade, tecnologia e design. Nas cidades inteligentes o OPV poderá habilitar conectividade, novas funcionalidades e autonomia energética de forma integrada e harmônica.”, afirma Tiago Alves, CEO da Sunew.

Fonte: Revista Construa